GOSTOU?ME SIGA!

O Google está fazendo algumas alterações no Google Friend Connect, agora os seguidores necessitam ter uma Conta do Google para fazer login no Google Friend Connect para seguir os blogs.
Se você que me seguia e não tinha cadastro no Google, por favor faça o seu cadastro e volte a participar da minha lista de seguidores e saibam que senti sim muita falta de vocês! Estou lhes esperando com o maior carinho!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Para descobrir falsos amigos e pessoas que costumam atacar injustamente

Salmo 27
1 O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei?
2 Quando os malvados investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, eles, meus adversários e meus inimigos, tropeçaram e caíram.
3 Ainda que um exército se acampe contra mim, o meu coração não temerá; ainda que a guerra se levante contra mim, conservarei a minha confiança.
4 Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.
5 Pois no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no recôndito do seu tabernáculo me esconderá; sobre uma rocha me elevará.
6 E agora será exaltada a minha cabeça acima dos meus inimigos que estão ao redor de mim; e no seu tabernáculo oferecerei sacrifícios de júbilo; cantarei, sim,cantarei louvores ao Senhor.
7 Ouve, ó Senhor, a minha voz quando clamo; compadece-te de mim e responde-me.
8 Quando disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração te disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.
9 Não escondas de mim o teu rosto, não rejeites com ira o teu servo, tu que tens sido a minha ajuda. Não me enjeites nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
10 Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá.
11 Ensina-me, ó Senhor, o teu caminho, e guia-me por uma vereda plana, por causa dos que me espreitam.
12 Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois contra mim se levantaram falsas testemunhas e os que respiram violência.
13 Creio que hei de ver a bondade do Senhor na terra dos viventes.
14 Espera tu pelo Senhor; anima-te, e fortalece o teu coração; espera, pois, pelo Senhor.

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Para fortalecer a sua fé em Deus, afastar o mal e vencer os inimigos

Salmo 128
1Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.
2Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.
3A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.
4Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.
5De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,
6e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel.

sábado, 26 de outubro de 2013

Para se livrar dos invejosos

Salmo 135
1 Louvai ao Senhor. Louvai o nome do Senhor; louvai-o, servos do Senhor,
2 vós que assistis na casa do Senhor, nos átrios da casa do nosso Deus.
3 Louvai ao Senhor, porque o Senhor é bom; cantai louvores ao seu nome, porque ele é bondoso.
4 Porque o Senhor escolheu para si a Jacó, e a Israel para seu tesouro peculiar.
5 Porque eu conheço que o Senhor é grande e que o nosso Senhor está acima de todos os deuses.
6 Tudo o que o Senhor deseja ele o faz, no céu e na terra, nos mares e em todos os abismos.
7 Faz subir os vapores das extremidades da terra; faz os relâmpagos para a chuva; tira os ventos dos seus tesouros.
8 Foi ele que feriu os primogênitos do Egito, desde os homens até os animais;
9 que operou sinais e prodígios no meio de ti, ó Egito, contra Faraó e contra os seus servos;
10 que feriu muitas nações, e matou reis poderosos:
11 a Siom, rei dos amorreus, e a Ogue, rei de Basã, e a todos os reinos de Canaã;
12 e deu a terra deles em herança, em herança a Israel, seu povo.
13 O teu nome, ó Senhor, subsiste para sempre; e a tua memória, ó Senhor, por todas as gerações.
14 Pois o Senhor julgará o seu povo, e se compadecerá dos seus servos.
15 Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens;
16 têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem;
17 têm ouvidos, mas não ouvem; nem há sopro algum na sua boca.
18 Semelhantemente a eles se tornarão os que os fazem, e todos os que neles confiam.
19 ó casa de Israel, bendizei ao Senhor; ó casa de Arão, bendizei ao Senhor;
20 ó casa de Levi, bendizei ao Senhor; vós, os que temeis ao Senhor, bendizei ao Senhor.
21 Desde Sião seja bendito o Senhor, que habita em Jerusalém. Louvai ao Senhor

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Para pedir proteção contra mentiras, maldades, vingança e pactos diabólicos

Salmo 63
1 ó Deus, tu és o meu Deus; ansiosamente te busco. A minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água.
2 Assim no santuário te contemplo, para ver o teu poder e a tua glória.
3 Porquanto a tua benignidade é melhor do que a vida, os meus lábios te louvarão.
4 Assim eu te bendirei enquanto viver; em teu nome levantarei as minhas mãos.
5 A minha alma se farta, como de tutano e de gordura; e a minha boca te louva com alegres lábios.
6 quando me lembro de ti no meu leito, e medito em ti nas vigílias da noite,
7 pois tu tens sido o meu auxílio; de júbilo canto à sombra das tuas asas.
8 A minha alma se apega a ti; a tua destra me sustenta.
9 Mas aqueles que procuram a minha vida para a destruírem, irão para as profundezas da terra.
10 Serão entregues ao poder da espada, servidão de pasto aos chacais.
11 Mas o rei se regozijará em Deus; todo o que por ele jura se gloriará, porque será tapada a boca aos que falam.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Para atrair sucesso e riqueza nos negócios e no trabalho e para receber alguma herança até então impedida de ser repassada

Salmo 104
1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor, Deus meu, tu és magnificentíssimo! Estás vestido de honra e de majestade,
2 tu que te cobres de luz como de um manto, que estendes os céus como uma cortina.
3 És tu que pões nas águas os vigamentos da tua morada, que fazes das nuvens o teu carro, que andas sobre as asas do vento;
4 que fazes dos ventos teus mensageiros, dum fogo abrasador os teus ministros.
5 Lançaste os fundamentos da terra, para que ela não fosse abalada em tempo algum.
6 Tu a cobriste do abismo, como dum vestido; as águas estavam sobre as montanhas.
7 À tua repreensão fugiram; à voz do teu trovão puseram-se em fuga.
8 Elevaram-se as montanhas, desceram os vales, até o lugar que lhes determinaste.
9 Limite lhes traçaste, que não haviam de ultrapassar, para que não tornassem a cobrir a terra.
10 És tu que nos vales fazes rebentar nascentes, que correm entre as colinas.
11 Dão de beber a todos os animais do campo; ali os asnos monteses matam a sua sede.
12 Junto delas habitam as aves dos céus; dentre a ramagem fazem ouvir o seu canto.
13 Da tua alta morada regas os montes; a terra se farta do fruto das tuas obras.
14 Fazes crescer erva para os animais, e a verdura para uso do homem, de sorte que da terra tire o alimento,
15 o vinho que alegra o seu coração, o azeite que faz reluzir o seu rosto, e o pão que lhe fortalece o coração.
16 Saciam-se as árvores do Senhor, os cedros do Líbano que ele plantou,
17 nos quais as aves se aninham, e a cegonha, cuja casa está nos ciprestes.
18 Os altos montes são um refúgio para as cabras montesas, e as rochas para os querogrilos.
19 Designou a lua para marcar as estações; o sol sabe a hora do seu ocaso.
20 Fazes as trevas, e vem a noite, na qual saem todos os animais da selva.
21 Os leões novos os animais bramam pela presa, e de Deus buscam o seu sustento.
22 Quando nasce o sol, logo se recolhem e se deitam nos seus covis.
23 Então sai o homem para a sua lida e para o seu trabalho, até a tarde.
24 Ó Senhor, quão multiformes são as tuas obras! Todas elas as fizeste com sabedoria; a terra está cheia das tuas riquezas.
25 Eis também o vasto e espaçoso mar, no qual se movem seres inumeráveis, animais pequenos e grandes.
26 Ali andam os navios, e o leviatã que formaste para nele folgar.
27 Todos esperam de ti que lhes dês o sustento a seu tempo.
28 Tu lho dás, e eles o recolhem; abres a tua mão, e eles se fartam de bens.
29 Escondes o teu rosto, e ficam perturbados; se lhes tiras a respiração, morrem, e voltam para o seu pó.
30 Envias o teu fôlego, e são criados; e assim renovas a face da terra.
31 Permaneça para sempre a glória do Senhor; regozije-se o Senhor nas suas obras;
32 ele olha para a terra, e ela treme; ele toca nas montanhas, e elas fumegam.
33 Cantarei ao Senhor enquanto eu viver; cantarei louvores ao meu Deus enquanto eu existir.
34 Seja-lhe agradável a minha meditação; eu me regozijarei no Senhor.
35 Sejam extirpados da terra os pecadores, e não subsistam mais os ímpios. Bendize, ó minha alma, ao Senhor. Louvai ao Senhor.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Para rogar por justiça e pelo recomeço de uma vida normal após longos períodos de batalha

Salmo 66
1 Louvai a Deus com brados de júbilo, todas as terras.
2 Cantai a glória do seu nome, dai glória em seu louvor.
3 Dizei a Deus: Quão tremendas são as tuas obras! Pela grandeza do teu poder te lisonjeiam os teus inimigos.
4 Toda a terra te adorará e te cantará louvores; eles cantarão o teu nome.
5 Vinde, e vede as obras de Deus; ele é tremendo nos seus feitos para com os filhos dos homens.
6 Converteu o mar em terra seca; passaram o rio a pé; ali nos alegramos nele.
7 Ele governa eternamente pelo seu poder; os seus olhos estão sobre as nações; não se exaltem os rebeldes.
8 Bendizei, povos, ao nosso Deus, e fazei ouvir a voz do seu louvor;
9 ao que nos conserva em vida, e não consente que resvalem os nossos pés.
10 Pois tu, ó Deus, nos tens provado; tens nos refinado como se refina a prata.
11 Fizeste-nos entrar no laço; pesada carga puseste sobre os nossos lombos.
12 Fizeste com que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água, mas nos trouxeste a um lugar de abundância.
13 Entregarei em tua casa com holocaustos; pagar-te-ei os meus votos,
14 votos que os meus lábios pronunciaram e a minha boca prometeu, quando eu estava na angústia.
15 Oferecer-te-ei holocausto de animais nédios, com incenso de carneiros; prepararei novilhos com cabritos.
16 Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que ele tem feito por mim.
17 A ele clamei com a minha boca, e ele foi exaltado pela minha língua.
18 Se eu tivesse guardado iniqüidade no meu coração, o Senhor não me teria ouvido;
19 mas, na verdade, Deus me ouviu; tem atendido à voz da minha oração.
20 Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem retirou de mim a sua benignidade.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Para combater a tristeza, a ansiedade, as angústias e dormir com tranqüilidadePara combater a tristeza, a ansiedade, as angústias e dormir com tranqüilidade.

Salmo 74

1 O Deus, por que nos rejeitaste para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto?
2 Lembra-te da tua congregaçäo, que compraste desde a antiguidade; da vara da tua herança, que remiste; deste monte Siäo, em que habitaste.
3 Levanta os teus pés para as perpétuas assolaçöes, para tudo o que o inimigo tem feito de mal no santuário.
4 Os teus inimigos bramam no meio dos teus lugares santos; pöem neles as suas insígnias por sinais.
5 Um homem se tornava famoso, conforme houvesse levantado machados, contra a espessura do arvoredo.
6 Mas agora toda obra entalhada de uma vez quebram com machados e martelos.
7 Lançaram fogo no teu santuário; profanaram, derrubando-a até ao chäo, a morada do teu nome.
8 Disseram nos seus coraçöes: Despojemo-los duma vez. Queimaram todos os lugares santos de Deus na terra.
9 Já näo vemos os nossos sinais, já näo há profeta, nem há entre nós alguém que saiba até quando isto durará.
10 Até quando, ó Deus, nos afrontará o adversário? Blasfemará o inimigo o teu nome para sempre?
11 Porque retiras a tua mäo, a saber, a tua destra? Tira-a de dentro do teu seio.
12 Todavia Deus é o meu Rei desde a antiguidade, operando a salvaçäo no meio da terra.
13 Tu dividiste o mar pela tua força; quebrantaste as cabeças das baleias nas águas.
14 Fizeste em pedaços as cabeças do leviatä, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto.
15 Fendeste a fonte e o ribeiro; secaste os rios impetuosos.
16 Teu é o dia e tua é a noite; preparaste a luz e o sol.
17 Estabeleceste todos os limites da terra; veräo e inverno tu os formaste.
18 Lembra-te disto: que o inimigo afrontou ao SENHOR e que um povo louco blasfemou o teu nome.
19 Näo entregues às feras a alma da tua rola; näo te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos.
20 Atende a tua aliança; pois os lugares tenebrosos da terra estäo cheios de moradas de crueldade.
21 Oh, näo volte envergonhado o oprimido; louvem o teu nome o aflito e o necessitado.
22 Levanta-te, ó Deus, pleiteia a tua própria causa; lembra-te da afronta que o louco te faz cada dia.
23 Näo te esqueças dos gritos dos teus inimigos; o tumulto daqueles que se levantam contra ti aumenta continuamente.

domingo, 13 de outubro de 2013

Para acalmar os nervos, afastar o medo e se proteger contra traições e ataques de inimigos

Salmo 26

1 Julga-me, ó Senhor, pois tenho andado na minha integridade; no Senhor tenho confiado sem vacilar.
2 Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha o meu coração e a minha mente.
3 Pois a tua benignidade está diante dos meus olhos, e tenho andado na tua verdade.
4 Não me tenho assentado com homens falsos, nem associo com dissimuladores.
5 Odeio o ajuntamento de malfeitores; não me sentarei com os ímpios.
6 Lavo as minhas mãos na inocência; e assim, ó Senhor, me acerco do teu altar,
7 para fazer ouvir a voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas.
8 Senhor, eu amo o recinto da tua casa e o lugar onde permanece a tua glória.
9 Não colhas a minha alma com a dos pecadores, nem a minha vida a dos homens sanguinolentos,
10 em cujas mãos há malefício, e cuja destra está cheia de subornos.
11 Quanto a mim, porém, ando na minha integridade; resgata-me e tem compaixão de mim.
12 O meu pé está firme em terreno plano; nas congregações bendirei ao Senhor

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Oração de Clamor a Deus pelo nosso Socorro



Senhor Deus, tende piedade de mim, vosso(a) servo(a). Por causa da multidão dos perseguidores, tornei-me como um vaso despedaçado; libertai-me, das mãos dos inimigos e assisti-me, na vossa bondade, para que encontreis que se perdera, restabeleçais a que encontraste, e assim eu vos possa agradar em tudo, pois conheço que fui redimido(a) por vosso poder. Por Cristo, nosso Senhor.


A Deus Todo-Poderoso, vós fazeis habitar em casa os desamparados e levai os vencidos à prosperidade. Vede minha aflição, e vinde em meu auxílio; vencei o perverso inimigo, a fim de que, afastada a presença do adversário, a liberdade se transforme em paz para mim. E, assim retornado(a) ao vosso terno amor, eu possa confessar que sois admirável, pois deste força ao vosso povo. Por Cristo, nosso Senhor; Amém.


Deus , criador e defensor do gênero humano, que formates os homem e mulher à vossa imagem, e de modo mais admirável os recriastes pela graça do Batismo. Olhai para mim, vosso servo(a) servo(a), e atendei às minhas súplicas. Fazei brilhar no meu coração o esplendor da vossa glória para que , afastado todo o terror, medo e temor, com mente e espírito sereno, possa louvar-nos com os irmãos e irmãs na vossa Igreja. Por Cristo, nosso Senhor; Amem.


Deus autor da infinita misericórdia e de todo bem, para afastar de nós o poder do inimigo, quiseste que o vosso filho sofresse por nós o patíbulo da cruz. Olhai com bondade para minha miséria e a minha dor, e fazei que , vencido o ataque do inimigo, cumuleis com a benção da vossa graça aquele(a) que renovaste no fonte do Batismo. Por Cristo, nosso Senhor; Amem.


Deus, que, pela graça da adoção, quiseste que eu fosse filho(a) da luz, fazei que eu não seja envolvido(a) nas trevas dos demônios, mas possa permanecer sempre evidente no esplendor da liberdade de vós recebida

sábado, 5 de outubro de 2013

CONTRA MAU OLHADO E FEITIÇARIA


COM GALHO DE ARRUDA NAS MÃOS IR BENZENDO E DIZER:

Deus te fez, Deus te criou.

Deus tire o mal que no teu corpo entrou.

Em louvor de São Pedro e São Paulo,

que tire esse mau olhado, inveja ou feitiçaria.


Assim como Deus fez o mar sagrado,

assim ele te tire este mau olhado ou olho grande.

Assim como Nosso Senhor foi nascido em Belém,

e crucificado em Jerusalém,

assim se vá o mal desta criatura se por acaso o tem.

“Essa benzedura, deve ser realizada com um copo com água,

ir molhando o galho de arruda dentro do copo

e ir fazendo em cruz da cabeça aos pés”.

No final, devemos jogar fora água e o galho de arruda,

do portão para fora da casa.


Repetir por três dias seguidos.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

4 de outubro- Dia de SãO FRANCISCO DE ASSIS

Oração Pela Vitória


Vem, Espírito Santo,  e  ilumina nossa mente com  a luz do céu. Remove todos  os obstáculos que possam existir em nos e que  nos impedem de caminhar  na  luz. Encha-nos de esperança renovada. Fortalece-nos para que possamos permanecer  firmes na verdade  de Cristo. Ajuda-nos a usar com  sabedoria as dádivas recebidas, para a honra e glória de Deus.
Senhor Jesus, nós  te  convidamos a entrar em nosso  coração e em nossa alma, em nosso corpo e me nossa mente. Pedimos-te que caminhes conosco em nossa jornada por  este mundo repleto de pecado e de escuridão. Ajuda-nos a ficar sempre em união contigo e com o Espírito Santo. Que nossa vontade se uma à  Tua para fazer a vontade de Teu Pai, nosso Pai celestial.
Amado Pai, humildemente nos submetemos  a Ti e pedimos que veles por nós e nos  protejas de todo o mal. Aceitamos prontamente tudo  aquilo que, em Tua providência, nos tem dado. Nos te amamos e sabemos que Tu nos amas. Ajuda-nos a conhecer cada vez mais o amor na medida em que somos iluminados pela luz de Cristo.
Maria, querida Mãe, pedimos que tu venhas com  teu manto protetor e nos cubra com ele contra toda  investida  das forças malignas, assim como protegeste teu filho Jesus, cuida também  de nós. Nossa mãe do céu, vela por nós e envia teus anjos para que nos  guardem  e protejam.  Pedimos  que nossa mãe amadíssima , interceda sempre  por nós  às três pessoas da Santíssima Trindade,  de modo que possamos caminhar fiel e vitoriosamente no caminho  da vida.
Pedimos  tudo isto Pai, em nome  do teu  filho amada e nosso  redentor Jesus Cristo. Amém. 


quarta-feira, 2 de outubro de 2013

BENZEDURA CONTRA A INVEJA E A BRUXARIA

Santo Inácio das Loures é de santo e é de sado

E é por santo fundado

E é o Senhor Crucificado

Desorga! Desorga! Três vezes desorga!

Bruxas feiticeiras, mal de inveja

Do corpo de uma pessoa para fora

Que não tenha que doer como elas

Nem em casa, nem na rua, nem por onde passear

Eu te benzo com a santa segunda

Eu te benzo com a santa terça

Eu te benzo com a santa quarta

Eu te benzo com a santa quinta

Eu te benzo com a santa sexta

Eu te benzo com o santo sábado

Eu te benzo com o santo domingo

Que são as nove palavras

Que Deus Nosso Senhor benzeu

O seu bendito Filho.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGEM EM DESTAQUE

Artesanatofofo Aulas e Dicas - INSCREVA-SE!

VISITE MEU CANAL NO YOUTUBE! TODA 5ª FEIRA , GRÁTIS UMA NOVA VIDEOAULA DE ARTESANATO Mais uma videoaula de crochê do meu canal Artesanat...

BLOGS DE PASSO A PASSO

Arquivo do blog